Você pode mudar o destino!

Você pode mudar o destino!

O destino nunca está marcado, nunca depende dos outros, e nunca é definitivo.



O destino deve ser sempre decidido em primeira pessoa.

Decida onde você quer estar dentro de um tempo para poder traçar uma rota. Você sempre pode mudar de ideia, de caminho, de estratégia, mas nunca chegará ao destino, se você não se atrever a desejá-lo. Uma atitude derrotista que considera que o tempo decidirá, só faz você andar em círculos. Você pode mudar tudo, seu físico, o seu entorno… mas você não vai deixar de estar no mesmo lugar de sempre, querendo ser parte de uma vida que não é a que você tem.

Não culpe o destino por não lhe dar o que você merece;, a vida não é justa, pelo menos para quem nunca vai buscar o que considera merecer. Ser conformista pode ser o seu destino, mas apenas se você se encarrega de que seja assim.

Um dia li uma frase que dizia: “se o final não é bonito, isso significa que não é o final“ e essa é a chave para continuar, temos que aprender com cada momento, entender que se ainda não conseguimos o que queremos, devemos tentar de outro modo, mudar a rota ou estratégia, mas nunca desistir; esse é o único fracasso que merecemos, se você não luta pelo que você quer nunca o terá.

As prioridades mudam, e, com isso nossas ações e nossas decisões, mas sempre que você estiver sendo coerente com o que você procura nesse momento, vale a pena viver. Há muitas ocasiões em que nos deparamos com escolhas em que temos de decidir entre o mau e o pior, então nesse momento só nos resta adiar o êxito para o futuro, e considerarmos qual escolha poderá levar a alcançar o destino que agora tenho em mente.

O destino nunca deve estar amarrado a algo material, ou a outra pessoa que não seja simplesmente você. É claro que é viável ter como meta viver para conseguir algo, mas o que acontece quando se consegue? Devemos nos permitir ser ambiciosos, querer conseguir coisas novas constantemente, mas quando se trata de bens materiais, sempre ambicionamos mais, e isso nunca nos permite desfrutar o que temos no presente.

A felicidade é mais fácil de conseguir quando estabelecemos o destino como um caminho, e não como uma meta.

Que caminho você quer tomar na vida? O destino não deve estar amarrado a ser pai, mas a que tipo de pai eu quero ser. Para ter um emprego específico, que tipo de trabalhador quero ser? Ou para ter amigos, o que nos faz felizes é sentir que eu sou a pessoa que quero ser. Como alcançar este destino? É simples, coordene seu comportamento com o que você quer chegar a ser, e mais cedo do que você pensa, você será uma pessoa com quem você se sente confortável.

Não há nada mais difícil do que viver sem estar orgulhoso de quem você é. Se você se encontra neste ponto em qualquer âmbito de sua vida, tome as rédeas do destino e mude-o. Por mais difícil que seja, precisamos estar dispostos a sentir o desconforto que for em troca de nos aproximarmos de algo que realmente me importa.

Há muitas coisas que não estão sob as nossas decisões, como a nossa nacionalidade, nosso sexo, nossa raça, doenças determinadas por nossa genética, nossa família, nossa cultura, nossa orientação sexual ou nossos medos. Mas sempre podemos escolher a forma de viver com isso.Esses aspectos nos condicionam, mas nunca nos determinam, sempre temos algo a contribuir para o destino com nossa forma de enfrentar as circunstâncias.

Não justifique a resignação, aceite as barreiras e continue sua viagem.

 

Leia nossa indicação de post “Dicas cruciais para tornar sua esposa muito feliz”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem




Deixe seu comentário