Valores familiares

Valores familiares

A família é o alicerce para alcançar a vitória, quando se pensa estar sozinho seja em momento difíceis ou de reflexões, a família tem um importante papel de centralizadora em nossa vida. Os pensamentos voltam ao seu devido lugar, a coragem não nos abandona e a tristeza perde suas forças. Um novo olhar para as pessoas que acreditam no poder de construir uma família, ninguém faz nada sozinho, precisa de mais pessoas para crescer em sociedade, em comunidade e em seus sonhos.




Casamentos antigos eram vistos como ruins quando comparados ao atuais por forçarem as mulheres a se submeter aos homens no sentido de trabalho, mas no passado era a regra. Hoje, os tempo são outros, e aí que se parabeniza os casamentos de cinquenta anos de duração. Aí se encontra muito mais que a força de atração física quando jovem, pois um casal construiu seu espaço em si, para seu lar com seus filhos, parentes na integração de gerações e também na superação de entraves como os interpostos em cada período. Mesmo com a liberdade de opinião, a força da mulher com seu talento, caráter e vontade, muitas mostram que o amor fala mais alto, isso só tende a enobrecer o papel da família.

Família não é só casamento, sexo, família é a integração de valores, princípios e sentimentos pelos seres humanos entre si, digo mais, sentimentos entre seres que fazem parte do meio, isso pode incluir animais também. A justiça até determinou em uma separação que um animal, no caso era uma cadela, teria de ficar revessando seu tempo na casa de cada dono a partir daquele dia em diante. Os valores familiares são necessários para se ter um motivo a viver.

Idosos que não recebem mais visitas de seus entes, será que se esqueceram? Será que acham que não ficaram idosos e não desejam ser tratados como tratam seus próprios pais, amigos, familiares? A gratidão é um sentimento de bem-aventurança. Fazer o bem nunca será demais para quem acha que o poder de amar é mais forte, faz a diferença. Um salve para os voluntários de ações sociais os quais doam seu tempo e carinho para pessoas que não pendem nada demais. Crianças, idosos, pessoas com deficiência ou pessoas tristes, são como todos nós somos, pessoas.

Valores familiares

“As pessoas boas devem amar seus inimigos.” Essa frase poderia estar em um livro de auto-ajuda, na Bíblia, em algum livro sagrado ou dito por um filósofo, mas não. É uma fala do personagem Chave em seu seriado. A frase dita pelo personagem Seu Madruga reflete uma mensagem forte, cheia de contexto. Definir “pessoas boas” pode ser fácil: quem realiza ações boas, deseja para pessoas o bem; o verbo amar é aquele que liga um ente, um ser humano com algo por tal intensidade que se relaciona com cuidado, atenção, proteção, querer bem~; inimigos é uma palavra forte demais, em um debate tem-se adversários, a vida, o empreendedor, o comércio, o mercado, a competitividade possuem adversários, inimigos são aqueles que nos desejam o mal, que não fazem questão de fazer o bem, amar essas pessoas é difícil, elas já são odiadas por todos. O que sobra?

Valores familiares

Reflexões fortes, não? O intuito desse artigo é isso: refletir. Como estou tratando minha família? Eu estou tentando ser uma pessoa melhor? Há alguma coisa que eu possa fazer? Levanta-te e vai dar um abraço em cada pessoa que te ama. Um abraço não tira pedaço, não diminui de tamanho, pelo contrário, fortalece a amizade, enriquece a autoestima, deixa as pessoas felizes. Plante o bem. Um abraço do autor.

Valores familiares

 

Leia nossa indicação e post “Quando tudo vai estar bem?”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem

 

Deixe seu comentário