Psicologia das cores

Psicologia das cores

AS CORES E A PERSONALIDADE

Os psicólogos demonstram que todas as pessoas possuem uma escala de cores própria e que neles é possível expressar seu humor, seu temperamento, sua imaginação e seus sentimentos. Também está demonstrado que por sua vez o homem é influenciado pelas cores.




É interessante ressaltar que por muito importante que sejam as relações entre as cores e as sensações, resultam totalmente personais e subjetivas.
Aspectos da personalidade de acordo com a preferência:

Amarelo: É a cor da vida; são pessoas otimistas, alegres, idealistas, sonhadoras, alma de artista, fraternos; pessoas ligadas à comunidade e à sociedade.

Laranja: A característica principal de quem prefere esta cor é a de transição; refere-se a um momento de mudança, transformação; geralmente a preferência pelo laranja ocorre por períodos muito curtos.

Preto: São pessoas autoritárias, que não aceitam o tipo de sistema em que vivem: família, economia, social, ou seja: rejeitam causas exteriores. Também são idealistas e amorosos e não demonstram seu amor por medo de serem magoados.

Violeta: São pessoas que têm necessidade de serem reconhecidas, ou pelo menos tenham a intenção de serem notadas.

Cinza: São pessoas que estão com uma insatisfação muito grande na vida; a aparência pode até ser agradável, mas a tristeza é grande; a pessoa se sente pressionada afetivamente e infeliz, mas nem sempre o demonstra.

Marrom: Significa capacidade que o indivíduo tem para lidar com dinheiro; são pessoas que são cabeças de família; fazem tudo com alegria, só que não se envolvem afetivamente; não são portanto pessoas afetivas.

Verde: São pessoas boazinhas para tudo e para todos, mas são pessoas interesseiras; tudo o que fazem esperam retorno; sabem fazer amizades, viver em sociedade e comunidade, mas sempre com segundas intenções.

Rosa: A característica principal das pessoas que preferem o rosa, é que são pessoas ternas, amorosas, mas que têm dificuldades de expressar esses sentimentos; gostariam de agasalhar à todos, mas têm muitas dificuldade em demonstrar , por medo de serem rejeitados.

Branco: Refere-se a área sexual; a pessoa que tem bloqueio grande na área sexual, excessos de limpeza, sensação de pecado, tem uma preferência em usar o branco e dificuldades de afeto.

Vermelho: A preferência pelo vermelho refere-se à pessoas que têm personalidades guerreiras, combativa; gostam de mudanças; não temem a nada e são pessoas elétricas.

Estampado: É a mistura de cores; a preferência pelo estampado, indica uma adoração pela vida; é uma pessoa de personalidade vibrante mas que tem altos e baixos.

Dourado: Ligado ao afeto e ao amor, principalmente se direcioná-lo para o chakra cardíaco. É uma cor vibrante, mais potente que o amarelo; é considerada uma cor nobre e serve para a reconstituição de tecidos lesionados, principalmente quando se trata de tumores.

Prata: Ligado à lua e ao mundo espiritual (interiorização); acelera o processo de projetos e pesquisas, favorecendo o mesmo. Está ligado à tecnologia espiritual; em cromoterapia, favorece a destruição de tumores e restauração de tecidos.

Azul: Pessoa conservadora; dificilmente muda de opinião e não gosta muito de mudanças (coisas novas).

 

Leia nossa indicação e post “O quarteto da felicidade: dopamina, serotonina, endorfinas e ocitocina”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem





Deixe seu comentário