PRÁTICAS ESPIRITUAIS PARA ENXERGAR O SEU VERDADEIRO “EU”

PRÁTICAS ESPIRITUAIS PARA ENXERGAR O SEU VERDADEIRO “EU”

O obstáculo número 1 no nosso caminho rumo a uma maior consciência de nós mesmos é o pensamento de que sabemos alguma coisa quando realmente não sabemos.



Para superar a ignorância e libertar-se do ego, considere estas três práticas espirituais:

1. Humildade

Não importa quanto conhecimento adquirimos, é importante lembrar que o Universo é infinito. Nós devemos nos permitir sermos humilhados por essa consciência. Somente quando estamos dispostos a admitir que não fazemos e não podemos saber tudo, podemos abrir nossos corações para o “Eu” que sabe e pode nos guiar à verdade.

Através de práticas que ajudam a eliminar o ego, nos tornamos mais capazes de agir a partir do ponto de vista do “Eu Superior”, ao invés da agenda pessoal. Isto inclui colocar uma tampa sobre seus desejos, dedicando os frutos de suas ações para o Divino, e manter um senso de atenção plena.

2. Introspecção

A integração de um processo de autorreflexão disciplinada a cada dia nos ajuda a permanecer atento de nossos hábitos físicos, emocionais e mentais. Através da auto-observação cuidadosa, começamos a ver os caminhos que a ignorância ou falta de clareza traçam dentro de nós. É nosso trabalho polir o vidro da mente onde a consciência pura está tentando brilhar.

3. Devoção

A fim de quebrar a poderosa conexão que temos com a natureza do nosso ego, devemos nos dedicar ao que é maior do que os nossos “Eus” individuais. Mesmo que não possamos compreender o que pode ser, podemos reconhecer a diferença entre o ego da personalidade e do “Eu” que é a luz dentro de nós. Podemos meditar para fazer contato com este “Eu Alma” e nos conectarmos com a consciência universal para experimentá-la de forma mais completa.

Com humildade, introspecção e devoção, nossa visão interior será restaurada e vamos começar a nos identificar com nosso verdadeiro eu.

 

Leia nossa indicação e post “E a gratidão como fica?”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem




Deixe seu comentário