Ofereça um chá à você…

Ofereça um chá à você…

Vamos voltar um pouco através do tempo até o ano de 2737 a.C.

Segundo a lenda, o imperador chinês Shen-Nung, também conhecido como imperador dos cinco grãos e curandeiro divino, preocupado com as epidemias que devastavam o império, ele ordenou que toda a água deveria ser fervida antes de ser bebida, para que se tornasse própria para o consumo.




Certo dia em uma de suas viagens ele decidiu parar para descansar sobre a sombra de uma árvore e pediu a seu servo que colocasse água para ferver. Enquanto esperava algumas folhas caíram dentro da água deixando-a com um tom castanho. O imperador decidiu experimentar a bebida que achou muito refrescante. Assim nasceu o chá, que rapidamente conquistou os habitantes do país, deixando muitas provas históricas, como os recipientes de chá encontrados pelas escavações arqueológicas nos túmulos da Dinastia Han (206-220 a.C.). Mas foi durante a Dinastia Tang (618-906a.C) que o chá se tornou a bebida  oficial da China.

Ofereça um chá à você...

Se tornando cada vez mais parte da cultura religiosa, o chá foi difundido além das fronteiras chinesas. E dessa forma o Japão foi apresentado ao chá, graças a alguns monges budistas japoneses que depois de terem ido à China estudar, tiveram a oportunidade de observar a importância que o chá tinha na meditação religiosa. E devido a essa religiosidade a bebida foi rapidamente aceita no Japão, não só nas cortes reais, mas em toda a sociedade japonesa, passando a ser muito mais do que uma simples bebida e atingindo uma forma de arte com direito a cerimônia própria, o “Chan-No-Yu”.

Foram construídos edifícios específicos para realizar essa cerimônia, onde o objetivo era preparar e servir o chá da forma mais perfeita e graciosa.

Apesar de Portugal ter sido o primeiro país europeu a consumir o chá (trazido do oriente pelos seus navegadores), curiosamente foram os holandeses que importaram os primeiros carregamentos de chá da China, que depois de estabelecerem um posto de trocas comerciais na Ilha de Java, no início do século XVII, também levaram o chá para o continente americano.

Você deve estar se perguntando… E como surgiu o tão conhecido Chá das Cinco, na Inglaterra?

Por incrível que pareça, o chá só chegou na Inglaterra em 1652, e pelas mãos da portuguesa Catarina de Bragança, filha do rei D.João IV e da rainha D. Luísa de Gusmão. A princesa se casou com o rei Carlos II e apresentou aos ingleses sua bebida predileta, o chá. Que se tornou a bebida mais popular da corte e mais tarde, no resto da classe alta.

Bem… Catarina de Bragança levou o chá para a Inglaterra. Mas, foi Ana Maria Russel, Duquesa de Bedford, que por sentir fome entre o almoço e o jatar, fazia um pequeno lanche que consistia em uma xícara de chá com leite e açúcar e algum salgado, criando assim, a tradição que se espalhou. E vários salões de chá foram criados e todos foram tomados pelo consumo do Chá das Cinco.

Ofereça um chá à você...

Hoje o horário não é mais fixo. Mas o hábito de tomar um lanche no meio da tarde com chá, pães e doces permanece intacto, com menos ou mais formalidades, se tornando um evento social. Até a rainha Vitória e suas damas de companhia incorporaram o hábito.

E quanto a nós brasileiros, como começamos a apreciar essa bebida tão saborosa?

Ofereça um chá à você...

Há 200 anos as primeiras mudas de Camellia Sinensis (chá da índia) chagaram ao Brasil, trazidas por D.João VI, Rei de Portugal, para serem plantadas no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, iniciando o cultivo de chá no Brasil.

Várias são as plantas com propriedades terapêuticas. De acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), existem cerca de 60 espécies que ajudam a manter a saúde plena e podem ser ingeridos sem prescrição médica. Mesmo assim, se a ideia é tomar um determinado tipo de chá todos os dias é importante consultar um médico ou um nutricionista para monitorar o tratamento, pois existem contraindicações e efeitos adversos relacionados a algumas ervas.

Ofereça um chá à você...

Mas cá para nós… não há nada tão relaxante como pôr em uma xícara, água quentinha e um punhado de ervas e preparar o chá ideal para espantar o frio. Afinal, o chá é uma bebida super saborosa, que além de nos oferecer uma deliciosa sensação, ainda traz inúmeros benefícios à saúde.

 

Leia nossa indicação e post “A Reciclagem do Lixo Começa em Casa”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem





Deixe seu comentário