O provável e improvável

O provável e improvável

Mario Sergio Cortella e um de seus excelentes textos sobre “Provável e improvável”.



Identificamos ciência como aquilo que pode ter algum nível de experimentação. Isto é, conhecimentos e hipóteses que possam ser testadas, ideias a serem experimentadas, submetidas a um processo de verificação. Por outro lado, algumas áreas do conhecimento humano que já foram chamadas de Ciências em outros tempos, hoje são denominadas saberes.

A Filosofia é entendida muito mais como um saber do que de fato, como uma ciência. A teologia também. Algumas áreas da arte são chamadas de saberes.

A ciência exige, no que se tem como padrão hoje, uma possibilidade de verificação, de experimentação, enquanto os saberes, como o caso da Filosofia e da Teologia, são improváveis, não no sentido de impossível, mas de aquilo que não pode ser provado.

Não dá para experimentar, colocar no laboratório, fazer teste com algumas concepções da Filosofia ou da Teologia. Dentro dessa lógica, a noção de ciência é convencional, mas ganha dimensão e a possibilidade de experimentação.

Não é que Filosofia e Teologia não sejam áreas do conhecimento. Apenas não têm, no tempo atual, o status de ciências, mas são saberes.

 

Mario Sergio Cortella

 

Compre o Livro “Pensar Bem nos Faz Bem Vol.1” do filósofo Mario Sergio Cortella.

 

Mario Sergio Cortella é um filósofo, escritor, educador, palestrante e professor universitário brasileiro mais conhecido por divulgar questões sociais ligadas à filosofia na sociedade contemporânea.

Outros Livros do filósofo Mario Sergio Cortella:

 

Deixe seu comentário