O poder da ironia

O poder da ironia

Mario Sergio Cortella e um de seus excelentes textos sobre “A ironia”.



Há pessoas que são irônicas, e essa ironia, não raro, pode ser ofensiva. Mas a ironia tem um componente também de natureza pedagógica. Ela funciona, em muitas situações, quando se está ensinando algo. Como se fosse um tranco, um sacolejo, uma puxada de leve para que a pessoa fique mais atenta. A ironia utilizada como forma de humilhação, com a intenção de fazer com que a outra pessoa fique desconcertada, tem um sentido negativo. Mas há, sim, uma forma de expressão irônica que nos ajuda a pensar melhor.

Como a ironia tira algo do comum, ela faz com que comecemos a pensar mais profundamente naquilo que nos “sacolejou” naquele momento.

É famosa na história da Filosofia a expressão “ironia socrática”, porque Sócrates, pensador grego do século V a.C., utilizava ironia como uma das suas formas de pedagogia, metodologia e didática. Ele usava ironia como forma de comunicação. Vez ou outra, ele fazia com que ser interlocutor ficasse levemente desconcertado. Esse chacoalhão obrigava a pensar outros ângulos que não estavam sendo enxergados.

A ironia pode funcionar no campo do humor, também no da ofensa, mas não pode ser descartada.

Contudo, cautela com a ironia, porque quando não é entendida, ela entra como uma afirmação; e a mensagem que se gostaria de comunicar acaba produzindo outro resultado.

Mario Sergio Cortella

 

Compre o Livro “Pensar Bem nos Faz Bem Vol.1” do filósofo Mario Sergio Cortella.

 

Mario Sergio Cortella é um filósofo, escritor, educador, palestrante e professor universitário brasileiro mais conhecido por divulgar questões sociais ligadas à filosofia na sociedade contemporânea.

Outros Livros do filósofo Mario Sergio Cortella:

 

Deixe seu comentário