Nunca diga a seu filho que ele é especial

Os pais que ficam dizendo aos seus filhos que eles são especiais, tem mais chances de aos filhos crescerem se tornarem narcisistas. Essa afirmação é resultado de um estudo de descobrir a origem do egoísmo extremo.



A pesquisa foi baseada em 565 crianças na Holanda que foram examinadas ao longo de um ano e meio, junto com seus pais. Aqueles que os adultos descreviam como “mais especiais do que as outras crianças”, e como crianças que “merecem algo mais na vida” eram mais propensas a ter maior pontuação em testes de narcisismo do que seus coleguinhas que não eram tratados desta forma.

Os pesquisadores também mediram a quantidade de supervalorização que os pais davam aos filhos, perguntando o quanto eles concordavam com afirmações como: “Meu filho é um grande exemplo para as outras crianças”. As crianças tinham entre sete e 11 anos quando entraram no estudo.

Elas e seus pais foram entrevistados quatro vezes, com cada sessão tendo um intervalo de seis meses. “As crianças acreditam quando seus pais lhes dizem que eles são mais especiais do que os outros. Isso pode não ser bom para eles ou para a sociedade”, acredita o coautor do estudo Brad Bushman, professor de comunicação e psicologia na Universidade Estadual de Ohio, nos EUA.

Nunca afirme a seu filho que ele é especial em hipótese alguma

Nunca afirme a seu filho que ele é especial em hipótese alguma

Conclusão do estudo

O estudo concluiu que o calor humano paterno e materno e o incentivo podem ser estratégias melhores do que inflar o ego. Os jovens que disseram que ouviam muitas vezes que eram amados por seus pais estavam mais propensos a mostrar autoestima elevada, mas não narcisismo.

Crianças com autoestima elevada não se viam como mais especiais do que as outras, mas concordaram com as afirmações de que estavam felizes consigo mesmos e gostavam de como eram. “As pessoas com autoestima elevada acham que são tão boas quanto as outras, ao passo que os narcisistas acham que são melhores do que os outros”, explica Bushman.

O autor principal, Eddie Brummelman, pesquisador de pós-doutorado na Universidade de Amsterdã, na Holanda, disse que os pais têm boas intenções quando dizem aos filhos que eles são especiais, mas o estudo mostra que essa prática não ajuda na evolução deles como seres humanos.

Porém, os pais não são a única causa para o narcisismo em seus filhos, dizem os autores. “Como outros traços de personalidade, isso é em parte também o resultado da genética e os traços temperamentais das crianças”, afirma o texto.

 

Leia nossa indicação e post “Felicidade nos relacionamentos se encontra nas coisas simples”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem