Laborlatria

Laborlatria

Mario Sergio Cortella e um de seus excelentes textos sobre “Laborlatria”.




O que é laborlatria: Labor, trabalho na noção latina, e latria é a ideia de adoração. Há pessoas que são labórlatras, isto é, têm uma adoração exclusiva pelo trabalho. Claro que ninguém, pode ser tolo para supor que o trabalho não tenha importância, mas é também evidente que o trabalho não pode ser a nossa única referência.

Olhando trabalho como se fosse – e nem sempre o é – sinônimo de emprego, labórlatras, de maneira geral, são aqueles que fazem com que toda a sua existência, todas as suas coisas girem exclusivamente em torno dessa noção. Há quem coloque até a saúde em função do trabalho. É corriqueiro para essa pessoa, ao fim de uma licença médica, quando começa a melhorar, em vez de perguntar para o médico se já está apta a voltar a conversar, a passear, a dançar, faz o seguinte questionamento: “Já posso voltar a trabalhar?” Como se a atividade profissional fosse a única referência; e não pode ser.

Nos momentos em que pensamos em nosso lazer, na nossa capacidade de convivência, o trabalho também é uma de nossas referências na vida, mas não exclusiva. Essa obsessão pelo mundo laboral, ou seja, a laborlatria, é extremamente danosa.

Trabalho é importante, mas não é único e nem exclusivo.

Mario Sergio Cortella

 

Compre o Livro “Pensar Bem nos Faz Bem Vol” do filósofo Mario Sergio Cortella.

 

Mario Sergio Cortella é um filósofo, escritor, educador, palestrante e professor universitário brasileiro mais conhecido por divulgar questões sociais ligadas à filosofia na sociedade contemporânea.

Outros Livros do filósofo Mario Sergio Cortella:

 

Deixe seu comentário