Finja Até Conseguir

Finja Até Conseguir

FINJA ATÉ CONSEGUIR

Oi? Como assim? Nosso mundo já tem falsidade demais em todas as áreas da vida e você tá me dizendo para colaborar com isso? Você quer que eu ensine meus filhos a viverem o que não são? Quer que eu mostre nas redes sociais o que não sou? Não. Jamais. De forma nenhuma!!! No entanto, pode deixar que lhe explico.




Isso não tem a ver com deixar de ser quem você é, mas agir como se já fosse quem você quer ser.

Você já chegou a se perguntar como algumas pessoas conseguem alcançar tantas coisas grandiosas e você permanece naquela mesma vidinha de sempre? Por que será que existem pessoas que conseguem com tanta facilidade (pelo menos a gente acha né?) chegar onde sempre quiseram, conseguem o trabalho dos sonhos, o parceiro ou parceira ideal? Talvez o que eu vá lhe contar agora seja novidade, talvez você já saiba disso mas não pensou que poderia ser tão impactante assim, talvez você já viva dessa forma e nem sabia. Então lá vai …

SUA MENTE. ISSO MESMO. SUA CABECINHA É O FATOR PRINCIPAL DISSO TUDO.

Ou seja, a culpa de você estar no céu ou inferno emocional, financeiro, psicológico, profissional, whatever, é apenas sua Samara se eu quisesse saber disso nem tinha vindo aqui. Calma coração, ainda não terminei e por isso mesmo você pode resolver essa questão sem depender de ninguém.

Nossa mente é maravilhosa e de tamanha complexidade que poderíamos passar dias aqui discorrendo sobre, entretanto quero focar em dois pontos apenas (mas que mudarão sua vida) a mente consciente e a subconsciente.

Nas palavras do Dr. Joseph Murphy aprendemos o seguinte, a interação entre as mentes consciente e subconsciente requer uma reciprocidade semelhante entre os correspondentes sistemas nervosos. O sistema cerebroespinhal, ou voluntário, é o órgão da mente consciente. O sistema nervoso autônomo desempenha idêntico papel no que interessa ao subconsciente. O sistema voluntário é o canal pelo qual captamos e percebemos conscientemente o que os sentidos físicos nos trazem, e por meio dele exercemos controle voluntário sobre os movimentos do corpo. O centro de controle desse sistema localiza-se no córtex cerebral.

Okay, o que isso tudo quer dizer? Tudo o que pensamos de forma consciente (quando lemos um livro, assistimos o jornal, ouvimos o rádio, por exemplo) e aceitamos como verdade é enviado pelo córtex para todos os outros órgãos do nosso querido cérebro que por sua vez vai moldar o nosso subconsciente, que por sua vez vai moldar nossa carne a fim de se apresentar de forma real no nosso mundo (leia-se: na sua vida).

Não é fingir que você é saudável, é para de pensar que você fica doente com uma simples brisa mais gelada. Não é fingir que você é rico, é parar de pensar que só pode ter dinheiro quem rouba ou é político. Não é fingir que você tem uma vida perfeita, é parar de reclamar por absolutamente tudo que lhe ocorre. Não é fingir é agir de forma consciente de acordo com quem você já é e com aquilo que já possui e dessa forma deixar que o subconsciente trabalhe para lhe dar isso.

Quer ser o melhor? Aja como se já fosse o melhor. Quer passar no concurso? Viva na sua mente como se já tivesse passado. Como vai ser? Com qual roupa você estará? O que vai dizer aos seus familiares? Vai ter que discursar em um evento? Imagine quem serão as pessoas que estarão lá. Como serão seus gestos? EXPERIMENTE PRIMEIRO NA SUA MENTE.

O que eu quero te passar é: Afirme o bem na sua vida, produza pensamentos conscientes de riqueza, saúde, amor, gratidão, satisfação e não tenha duvidas de que estará mudando seu subconsciente e dessa forma atraindo exatamente tais situações para sua vida. Lembre-se no entanto que o contrário também é verdade. Quanto mais pensar em tragédias, desgraças, dívidas, reclamações, mais isso será atraído para você. Plante no jardim da sua mente aquilo que você quer que cresça e dê frutos e deleite-se nisso. No final, você não precisará fingir que tem saúde, riqueza, amor, gratidão você simplesmente terá.

Samara Tavares

 

Leia nossa indicação e post “Metáforas cotidianas, parafraseando a vida”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem





Deixe seu comentário