Dicas para aumentar sua autoconfiança

Dicas para aumentar sua autoconfiança

Não há dúvida sobre isso: manter uma boa dose de autoconfiança equivale a uma vida saudável vida mais feliz, mais bem sucedido.




Quando você está confiante, você se sente confortável em sua própria pele. Você sabe quem você é, geralmente gosta de si mesmo, e se sente capaz e otimista. Você se relaciona bem com outras pessoas e desfruta de interações sociais. Você é capaz de expressar-se, pedir o que quer e precisa, mantém metas ambiciosas.
Na verdade, ter autoconfiança é a chave para o sucesso financeiro. De acordo com um estudo da Universidade da Flórida, conduzido pelo Dr. Timothy Judge e publicado no The Journal of Applied Psychology, autoconfiança pode se traduzir em ganhar centenas de milhares de dólares a mais ao longo da vida. Mesmo quando as pessoas autoconfiantes encontram adversidades, elas não são tão propensos a internalizá-las, nem permitem que isso impacte seu sucesso.

Diferentes pessoas têm diferentes níveis de autoconfiança. Algumas pessoas nascem com uma predisposição genética para uma atitude positiva, o que gera a autoconfiança. Outras foram criadas em famílias amorosas, saudáveis, e de apoio, por isso têm uma base de segurança e fé em quem são e o que podem alcançar.
Mas quase todo mundo, em um ponto ou outro, enfrenta inseguranças desafiadoras em descobrir quem realmente são e como percebem as suas habilidades. Nos tempos de insegurança na vida, nossa habilidade mais valiosa é a capacidade de aproveitar a autoconfiança que existe dentro de nós.
Então, como utilizar a nossa inata autoconfiança?

A boa notícia é que a autoconfiança pode ser aprendida e nutrida, mesmo que você tenha passado anos com baixo nível de confiança. Isso não acontece do dia para a noite, mas com tempo e prática, você pode se livrar dos hábitos de baixa autoconfiança e pensamentos que te impedem de desenvolver mudanças positivas que aumentam sua confiança.

Você pode começar agora mesmo com algumas ações surpreendentes que te ajudam a encontrar o caminho para a autoconfiança.

1. Sorria em frente ao espelho

Sorrir libera endorfinas que fazem você se sentir melhor sobre tudo, inclusive sobre si mesmo e suas circunstâncias. De acordo com Dr. Amanda Grant Smith em um artigo para The Tampa Tribune, “O ato de sorrir em si foi mostrado como bom para a saúde. Apenas mudar a sua expressão a um sorriso ou imitar o sorriso de alguém pode causar alterações biológicas involuntárias.” Mesmo que você tenha que fingir no primeiro momento, dê um sorriso e olhe para si mesmo no espelho. Enxergar-se confiante e feliz irá reforçar o impacto biológico do sorriso.

2. Mude sua linguagem corporal

Mudar sua linguagem corporal pode ter o mesmo impacto biológico que sorrir. Quando você não se sentir confiante, preste atenção à linguagem corporal e force-se a adotar novos comportamentos. Fique em pé. Descruze os braços. Faça contato com os olhos. Faça gestos mais amplos, e expressivos. A linguagem do corpo autoconfiante não é apenas um “truque” para seu cérebro se tornar mais confiante, mas também outras pessoas respondem a você de forma diferente. Quando os outros o percebem como confiante, você vai se sentir mais e mais feliz com quem você é.

3. Melhorar o seu QE

QE é o seu quociente de inteligência emocional. A inteligência emocional é a capacidade de reconhecer suas emoções, entender o que elas estão dizendo, e perceber como as suas emoções afetam as pessoas ao seu redor. Quando você procura entender como os outros sentem, isso lhe permite gerir as relações de forma mais eficaz. Quando você desenvolve o seu QE, sua autoconfiança melhora, porque você naturalmente faz com que outras pessoas se sintam mais competentes e no controle de suas reações e emoções.

4. Visite sua infância

As questões não resolvidas da infância podem infectar sua felicidade durante a vida adulta. Elas afetam seus relacionamentos e limitam sua confiança geral. Muitas vezes não temos consciência das crenças limitantes que possuímos. Respondemos de formas que nos façam parecer seguros. Revisite sua infância para descobrir fatos que têm impactado a sua confiança. Lembre-se de que as crenças da infância não são mais verdades para você . Se necessário, procurar aconselhamento para se livrar dessas velhas crenças.

5. Não tenha medo de falhar

Pessoas com baixa confiança veem falhas como as piores coisas do mundo. Falhar é difícil, mas revela que temos coragem de tentar. Falhar é um elemento necessário para o sucesso. Comece a mudar sua percepção sobre a falha. Desafie as falsas crenças que você criou em torno dela, e a receba como professora. Abrace o fracasso como uma parte normal, natural de crescimento pessoal e sucesso, e procurar aprender tudo o que puder a partir dele. Em seguida, permita-se seguir em frente, sabendo que o fracasso não define você.

dicas, autoconfiança, comportamento
6. Procure por algo que goste de fazer

Procurar por algo que goste de fazer, o ajuda a conhecer a sua própria fé. As ações envolvidas na busca de felicidade o trazem para um novo nível de autoconsciência, que por sua vez lhe permite compreender e amar o seu verdadeiro eu. Além disso, enquanto você estiver se aproximando de seu objetivo, você encontrará desafios internos e externos, e superar esses desafios aumenta a sua confiança. Você vai aprender como é capaz de controlar o seu próprio destino e ser o criador de sua vida, ao invés de apenas reagir a ele.

7. Visualizar e afirmar

A ciência da neuroplasticidade nos lembra que nosso cérebro pode ser “religado” através de pensamentos e ações repetitivas. Praticando visualização e afirmações autoconfiantes, você estará mudando a química do seu cérebro a favor dos sentimentos de autoconfiança. Crie suas próprias afirmações para aumentar sua confiança, e pratique todos os dias. Com tempo e prática, seu cérebro vai se adaptar e seus sentimentos se seguirão.

8. Mova seu corpo

Os efeitos do exercício sobre a sua confiança são tão esmagadores que não podem ser subestimados. Durante o exercício, o corpo libera endorfinas que lhe dão um impulso de energia e sentimentos positivos. Manter uma rotina de exercícios vai lhe dar o impulso de confiança que você precisa durante todo o dia.

9. Prática de Proficiência

Nada aumenta mais a sua confiança do que se tornar realmente bom em alguma coisa. Encontre algo que você goste e se torne proficiente nisso. Pratique regularmente. Melhore suas habilidades. Ganhe mais conhecimento. Torne-se um especialista. O resultado de toda a disciplina e foco envolvidos fará com que você se sinta mais confiante sobre suas habilidades.

10. Crie seu SOP

Seu SOP é seu “sistema operacional pessoal.” Muitas vezes as pessoas que não têm confiança vivem de acordo com regras e crenças de outras pessoas. Elas buscam reforço e orientação fora de si mesmas. Quando você desenvolve o seu próprio sistema de crenças, ações e valores, você não precisa depender dos outros para ter o sentimento de estar fazendo a “coisa certa”. Você define por si mesmo o que é certo e melhor para você.

Lembre-se, autoconfiança pode ser aprendida e sustentada através da prática. Você tem o poder e as habilidades necessárias para aumentar sua confiança e mudar a qualidade de sua vida para sempre!

 

Leia nossa indicação de post “Efeito Manada”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem





Deixe seu comentário