Compensação de misérias da vida

Compensação de misérias da vida

Mario Sergio Cortella e um de seus excelentes textos sobre “Compensação de misérias da vida”.



A palavra “miserável” nos traz alguma misericórdia, alguma pena. A expressão “a vida vale a pena” supõe a existência de alguma penalidade, de alguma imposição negativa. O filósofo Voltaire, um dos grandes pensadores do Iluminismo francês, dizia que, para compensar as nossas misérias, os deuses nos legaram duas coisas: o sono e a esperança.

O sono porque nos faz repousar e desligar das agruras do nosso cotidiano. Nos faz sair de algo que seria muito intenso e dificultoso se ficássemos despertos e conscientes por 24 horas. Já a esperança é a crença na possibilidade da melhoria.

O filósofo alemão Immanuel Kant acrescentou ao sono e à esperança de Voltaire, o riso. O riso como uma das dádivas divinas para compensarmos a miséria da vida. O riso, ao nos tirar do sério, nos faz repousar, descansar ou, usando uma expressão mais antiga, desopilar, fazer com que a bile, que estava circulando na área do fígado e vesícula, saísse e movimentássemos os nossos fluídos, os nossos humores com maior intensidade e alegria.

Riso, esperança e sono.

Mario Sergio Cortella

 

Compre o Livro “Pensar Bem nos Faz Bem Vol.1” do filósofo Mario Sergio Cortella.

 

Mario Sergio Cortella é um filósofo, escritor, educador, palestrante e professor universitário brasileiro mais conhecido por divulgar questões sociais ligadas à filosofia na sociedade contemporânea.

Outros Livros do filósofo Mario Sergio Cortella:

 

Deixe seu comentário