6 Dicas para facilitar seu desenvolvimento pessoal

6 Dicas para facilitar seu desenvolvimento pessoal

Se você quiser desenvolver o seu potencial e alcançar seus objetivos, é vital conhecer-se melhor.

Realizar tarefas de auto-reflexão pode ajudá-lo a descobrir as suas reais necessidades e aspectos da sua mentalidade de que você deseja alterar. Aqui estão seis maneiras originais e agradáveis ​​para exercer o auto-conhecimento e facilitar o desenvolvimento pessoal.




Ter um olhar crítico sobre como você gasta seu tempo

Um exercício poderoso envolve contrastar seus valores fundamentais com a forma como você realmente vive. Pegue um pedaço de papel e de um lado escreva as dez coisas que você acha que são mais importantes na vida. Por exemplo, certos passatempos, relacionamentos, metas intelectuais ou experiências emocionais. Leve o tempo necessário, mas certifique-se de que a lista reflete com precisão as suas paixões e convicções. Em seguida, anote no lado oposto do papel as dez coisas que você acha que passa a maior parte do tempo fazendo ou buscando. Agora compare as duas listas. O que você percebe durante a comparação? Se existe uma diferença visível entre o que você valoriza e como você gasta seu tempo, porque você acha que existe esse diferença? Ainda mais importante, o que você pode fazer para se certificar de que vai gastar mais tempo fazendo as coisas que considera essenciais ?

Tenha um diário

Ter um diário pode ser uma excelente maneira de desenvolver um maior senso de si, mas você precisa escrever nele diariamente. Você vai tirar o máximo proveito do processo, se você escrever um texto por dia. Se você achar que é difícil começar escrevendo sozinho (a), você pode tentar usar metas que o inspiram. Algumas pessoas acham que é útil para listar três desafios vivenciados naquele dia e cinco experiências que os trouxeram felicidade ou prazer. Outros decidem dedicar pelo menos uma página inteira para descrever um encontro significativo do seu dia, valorizando o momento presente. O seu diário deve proporcionar um espaço privado em que você pode explorar perguntas sobre si mesmo, trabalhar através de enigmas sobre suas reações emocionais, e narra todos os pensamentos que você pode ser muito tímido para discutir com os outros.

Faça coisas que te assustam

Estar sempre buscando desafios é um ótimo exercício de desenvolvimento pessoal. Por exemplo, iniciar uma nova atividade por capricho pode te mostrar que você tem um verdadeiro talento para algo que sempre evitou, e enfrentar um grande medo mostra a sua verdadeira força. Até mesmo atividades que não gostamos de fazer revelam informações valiosas sobre nós mesmos. Muitas de suas concepções sobre seus limites são baseadas na voz negativa de seu crítico interior, mas você pode começar a desenvolver uma mentalidade muito mais positivo se provar regularmente para si mesmo que você tem a capacidade de superar as ansiedades e obstáculos.

Questione suas suposições

Todo mundo carrega lembranças da infância para a idade adulta, mas muitas dessas lembranças ficam na parte subconsciente de sua mente e nunca são exteriorizadas. Mesmo que você não perceba elas podem ser prejudiciais ou destrutivas para os seus relacionamentos e seus objetivos. Consequentemente, examinar essas informações pode ajudá-lo a aprender muito sobre si mesmo e a ver coisas que podem estar impedindo o seu sucesso. Você pode começar a lembrar dos ensinamentos de família, anotando dez lições que você aprendeu sobre como ser feliz quando você era uma criança, dez ‘fatos’ que lhe foram ditos sobre relacionamentos e dez emoções ou ações praticadas por você que eram consideradas inaceitáveis. Olhando para estas listas, considere como os ensinamentos de família podem ter influenciado suas escolhas de vida e interferido no seu desenvolvimento pessoal. Com quais dessas mensagens que você realmente concorda, e quais quer esquecer de uma vez por todas? Quando você souber as mensagens que deseja esquecer, quais atitudes você acha que deve tomar para conseguir ?

Mostre à sua mente outras culturas

Viajar para outros países pode ser a melhor maneira de mostrar à sua mente outras culturas. Se você não puder fazer uma viagem tão em breve, considere ampliar seus horizontes através da leitura de obras de escritores de diferentes lugares.Vale a pena aprender com diferentes abordagens. Refletir sobre a diversidade cultural aumenta a sua sensibilidade para o valor das desse contraste e também pode mudar a maneira como você olha para suas próprias escolhas.

Seja mais criativo

Muitas pessoas rapidamente descartam a ideia de produzirem arte, alegando que não têm as habilidades necessárias. No entanto, você não precisa ser um grande artista para tentar realizar novas atividades criativas. Na verdade, os terapeutas de arte possuem clientes de todas as idades que buscam expressar seus problemas de uma forma visual e relatam que este método é muito bem sucedido em alcançar memórias que nem foram verbalizadas. Você pode exercitar a criatividade de formas diferentes, cada qual vem com suas próprias possibilidades de desenvolvimento pessoal. Um exercício que envolve a pintura é fazer uma representação abstrata de um sentimento que você acha difícil de expressar, como a pureza de seu amor por uma criança ou o ressentimento que você se sinta por um alguém do seu passado. Emobra esse último exercício não pareça muito legal, em teoria, ele pode realmente ajudá-lo a exteriorizar suas emoções de uma forma que facilita o ato de seguir em frente.

 

Leia nossa indicação e post “Síndrome da Vibração Fantasma”

Siga nosso insta @PensarBemViverBem





Deixe seu comentário